• OPT | Califórnia Intercâmbio image 1

Optional Practical Training

(Treinamento Prático Opcional)

O Optional Practical Training (OPT) é uma permissão de trabalho dada pelo USCIS (United States Citizenship and Immigration Services) ao estudante estrangeiro (visto F-1) que tenha completado pelo menos 9 meses (3 trimestres) de cursos de nível universitário nos Estados Unidos. Com essa permissão, o estudante pode procurar por emprego e trabalhar por até 12 meses em uma empresa americana recebendo salário.

Com o OPT, a pessoa pode trabalhar em qualquer empresa dos Estados Unidos. A única restrição que existe é com relação à função do cargo, que deve ter alguma relação com o programa universitário completado pelo profissional.

O OPT é uma permissão de trabalho post-completion, o que significa que só é permitida após a conclusão de um programa. Caso o estudante queira trabalhar enquanto estuda, existe a opção do CPT, que é uma permissão pre-completion.

O OPT pode ser uma ótima oportunidade para que o profissional possa mostrar sua competência de trabalho para a empresa contratante. Caso seja de interesse da empresa, a mesma pode entrar com o pedido de visto H1B para o profissional após o termino do OPT, o que é o caminho para o green card.

  • Experiência Profissional

    Ganhe experiência profissional em uma empresa dos Estados Unidos. Trabalhe por até 12 meses em uma função relacionada à sua área de estudo.

  • Pagamento em Dólar

    Receba salário em dólar e benefícios por até um ano, trabalhando em sua área de conhecimento nos Estados Unidos.

  • Carreira de destaque

    Faça o seu currículo se destacar no mercado de trabalho, com a experiência de trabalho de um ano em uma empresa na Califórnia

Como se inscrever

O estudante deve solicitar a permissão de trabalho ao governo americano durante o período entre 90 dias antes da conclusão do programa universitário, até o último dia do programa. Para solicitar essa permissão, primeiro o estudante deve falar com o international office da universidade em que estuda, para que eles possam atualizar o I-20 do aluno dando a aprovação para o trabalho. Basicamente, essa é a forma da universidade comunicar com o governo que o aluno está com boas notas, e que provavelmente irá se formar do programa em que está matriculado.

Após receber o I-20 atualizado, o aluno pode preencher e enviar o formulário I-765 (Application for Employment Authorization), pagando a taxa de $380. Normalmente, a universidade ajuda o aluno no preenchimento e envio do formulário.

Ao preencher o I-765, o estudante pode escolher a data de início do OPT, que pode ser qualquer data entre o primeiro dia após a conclusão do programa universitário, até 60 dias após o termino do programa. Os 12 meses de período máximo do OPT passarão a contar somente a partir dessa data de início escolhida. A vantagem de se escolher uma data de início mais estendida, é a de poder ter mais tempo para procurar emprego, além de estender a estadia da pessoa no território americano. A desvantagem de estender a data de início do OPT, é que caso a pessoa consiga achar o emprego rapidamente, ela poderá começar a trabalhar na empresa somente após a data de início escolhida.

Após o envio do formulário, leva de 3 a 4 meses para que o governo possa processar e aprovar o pedido do OPT. Quando aprovado, a pessoa recebe por correio um cartão chamado EAD (employment authorization document). Para que a pessoa possa começar a trabalhar em uma empresa, ela precisa (1) ter recebido o cartão EAD, o que comprova que o pedido de OPT foi aceito pelo governo; e (2) ter passado a data de início do OPT escolhida.

Não é recomendado que a pessoa saia do país após a conclusão do programa universitário, e antes de receber o cartão EAD. Ao reentrar nos EUA, o agente da imigração irá solicitar que o estudante mostre o I-20, juntamente com o EAD, e caso a pessoa não possua o cartão, há a possibilidade do agente negar a entrada da pessoa no país. Não há problemas em sair do país após o recebimento do cartão EAD.

Durante o OPT, a pessoa pode ficar desempregada durante um período máximo de 90 dias, contados a partir da data de início escolhida. Caso a pessoa não consiga encontrar um emprego durante esses 90 dias, ela deve deixar o país imediatamente. Note que caso a pessoa escolha estender a data de início ao máximo de 60 dias, ela poderá ter um total de 150 dias para encontrar um trabalho nos EUA.

Requisitos

Para ser elegível ao OPT de 12 meses, a pessoa precisa primeiro completar pelo menos 9 meses (3 trimestres) de cursos de nível universitário nos Estados Unidos, como cursos de extensão universitária, graduação, e pós-graduação. Programas de estágio (internship) também contam.

Exemplo 1: O estudante completa um trimestre de ACP em Marketing, um trimestre de ACP em Finanças, e um trimestre de estágio, completando nove meses de programas no total, e dessa forma se tornando elegível ao OPT. Note que nesse caso, a função da pessoa durante o estágio e o OPT deve ser relacionada à Finanças, pois o último programa completado pela pessoa antes do estágio, foi o ACP em Finanças Internacionais.

Exemplo 2: O estudante completa um MBA, que é um programa de pós-graduação. Como o programa tem duração total de 2 anos, a pessoa se torna elegível ao OPT.

Após obter o OPT, a pessoa pode trabalhar em uma empresa nos EUA, contanto que:

  • A carga horária seja de pelo menos 20 horas semanais;
  • A função do cargo tenha alguma relação com o programa universitário completado pelo profissional;
  • A pessoa pode também trabalhar em mais de uma empresa, contanto que o total de horas trabalhadas seja de no mínimo 20 horas semanais, e que a função de ambos cargos tenham alguma relação com o programa universitário completado;
  • É possível também que a pessoa abra seu próprio negócio. A única restrição é que a pessoa deve trabalhar por pelo menos 40 horas semanais no negócio próprio.
  • Não há nenhuma restrição com relação a mudança de emprego durante o OPT. A pessoa só deve avisar a universidade, informando sobre o novo emprego.
Extensão e fim do OPT

Após a conclusão do OPT, a pessoa tem direito ao grace period, que permite que a pessoa fique por mais 60 dias antes de ser obrigada a deixar o país.

Para poder estender o OPT, a pessoa tem duas opções. Estudantes de ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM) podem solicitar uma extensão de mais 17 meses de OPT. Para obter essa extensão, o estudante deve completar um programa universitário em uma das matérias listadas no site da ICE.

A outra opção é por meio do H1B. Caso a empresa tenha interesse em manter o profissional na empresa, ela pode solicitar a mudança de visto do profissional para o H1B. Esse visto dá a oportunidade para o profissional de ficar no país por mais 3 anos, e pode ser renovável.

Note, no entanto, que as solicitações de extensão devem ser feitas antes da conclusão do OPT. Se a pessoa já estiver no grace period, o governo poderá recusar o pedido de extensão.

Explore os nossos programas com elegibilidade para o OPT