O que é o seguro-saúde nos Estados Unidos | Califórnia Intercâmbio

O que é o seguro-saúde nos Estados Unidos?

Qualquer estudante estrangeiro que venha estudar nos EUA (visto F-1) é obrigado por lei federal a ter um seguro-saúde. Esse seguro é normalmente solicitado pelas universidades/escolas americanas, e é requisito para a matrícula. Caso o estudante se acidente ou fique doente, o seguro fica responsável por pagar uma parte das despesas médicas. Essa é uma forma do governo americano se certificar que o estudante estrangeiro estará coberto, caso algum acidente aconteça.

Como funciona o seguro-saúde?

Existem diversos tipos de seguro-saúde nos EUA, e as coberturas e preços variam bastante. Diversas empresas oferecem planos de seguro-saúde voltados especificamente para alunos internacionais que estão apenas passando uma temporada nos Estados Unidos. Geralmente, essa é uma boa opção para o estudante internacional, já que esses planos normalmente são mais baratos que os planos comuns. O lado negativo é que esses planos geralmente não oferecem cobertura para visitas médicas de natureza preventiva. Dessa forma, a cobertura se estende somente nos casos em que o paciente vai ao médico por estar doente, ou no caso de qualquer emergência médica.

Qual a diferença entre o seguro-saúde PPO e o HMO?

A principal diferença é que no plano PPO (Preferred Provider Organization), o paciente é livre para escolher o médico que quer visitar. Nesse plano, o cliente tem acesso a uma lista de médicos online divididos por especialidade, e pode entrar em contato diretamente com eles para marcar uma consulta, sem ter que passar por um clínico geral primeiro. No caso do HMO (Health Maintenance Organization), o paciente é obrigado a visitar um clinico geral primeiro, que irá avaliar o caso do paciente, e se necessário, recomendar a visita com um especialista.

Quanto custa o seguro-saúde na Califórnia?

A maioria das universidades na Califórnia oferece o health insurance para seus estudantes internacionais por meio de parceria com empresas de seguro. Apesar de ser bastante conveniente para o estudante de aceitar a proposta, e pagar o seguro-saúde juntamente com as outras taxas da universidade, essa definitivamente não é a opção mais barata. O seguro-saúde quando contratado diretamente com a universidade pode sair até quatro vezes mais caro que se contratado com uma empresa de seguro independente. Eu recomendo contratar o plano ISO Med 1 da ISO. Esse é um plano confiável e que custa 45 dólares por mês (o valor pode variar dependendo da idade do aluno). É importante, no entanto, verificar se a universidade tem como requisito uma cobertura mínima e se o seguro oferece essa cobertura. Por exemplo, a University of California Irvine (UCI) exige que o seguro-saúde ofereça no mínimo:

  • US$ 500.000 de benefício máximo anual
  • US$ 25.000 de cobertura, caso seja necessária uma evacuação médica de emergência para o Brasil
  • US$ 10.000 de cobertura para repatriação do corpo para o Brasil, em caso de morte
  • O dedutível não deve exceder US$ 75 por acidente/doença

Posso usar o meu plano médico do Brasil, ao invés de adquirir um seguro-saúde?

É pouco comum, mas é possível fazer isso sim. A primeira coisa a se fazer é verificar se o seu plano de saúde brasileiro é aceito nos EUA por meio de alguma parceria. Se sim, verifique se a cobertura do plano atinge os requisitos mínimos exigidos pela universidade, como explicado no item anterior.